quarta-feira, 11 de março de 2009

Prelúdio e fuga em Si bemol

Ele surgiu na minha vida como um furacão, invadiu meu quarto cor-de-rosa, jogou meus ursos de pelúcia no chão e colocou em minhas prateleiras seus discos e livros.
Apoderou-se da minha cama, dos meus lábios e do meu corpo...
Tirava-me o fôlego ao beijar minha nuca, ouvia suas palavras como trovão ecoando em meu peito, tratava-me como sua menina, sua amante, sua mulher...Decifrava meus meandros, meus desejos, meu tesão como nem eu o faria.
E eu, entregue, dava-lhe minha mão e permitia que ele me conduzisse pelos seus caminhos ensolarados.

Talvez ele tenha me encontrado mais frágil do que nunca, talvez eu não tivesse o discernimento dos sábios ou nunca antes tivesse sofrido por amor.
O fato é que entreguei-me, e o fiz como nunca antes para homem nenhum.
Ele chegou sem pedir licença e roubou meu coração feminino, o guardou em seu bolso e, um dia, saiu pela porta da mesma forma que entrou.
Sem avisos, sem prelúdios, sem explicações...

Restou-me seus livros, seus discos, minha cama bagunçada, seu sabor em minha boca, seu odor em meu corpo e a certeza de que nunca mais irei amar outro homem assim...


"Quando os Deuses querem nos punir, Eles atendem nossas preces"
(Oscar Wild)

9 comentários:

Karine Leão disse...

Marcelo,

Vim matar as saudades!!!

Qto tempo!!!!

Ontem, ouvi essa frase do Oscar Wild... é... dá até medo!

Beijo Karinhoso,

Matheus Palma disse...

uma coisa ficou meio que confusa para mim. esse texto foi escrito por você ou foi pelo Oscar...na primeira hipótese vale salientar que é digno da segunda.

Ju disse...

caraca, que jeito lindo de escrever sobre a alma feminina! vc compreende tudo...
beijos!
: )

Edna Federico disse...

Oi, saudades de vir aqui te ler.
Beijo

cristiane disse...

Má , meu Má...

Que lindo , tenho orgulho de conhecer tanto a alma feminina. T amo cada vez mais ...Esse homem é meu !!!

Sua Cris

Marcelo disse...

Todo seu, minha Cris =)

Narradora disse...

Adoro Oscar Wild.
Bjs Má da Cris :)

Monique Frebell disse...

Saudades dakii!

BJu!

Vanessa Reis disse...

Pior que é bem assim. Dá a impressão de que ocasionalmente eles se cansam dessa posição de onipotência e se entregam ao prazer de brincar com nossas vidas como se fôssemos lego em suas mãos. E nem podemos acusá-los de abuso de autoridade.