domingo, 8 de março de 2009

Mais um post sobre mulheres

Durante o ano todo meus textos são, em sua imensa maioria, dedicados às mulheres.
Mulheres que amo, mulheres que odeio, mulheres que nem conheço e mulheres que invento...
Minha mãe (a mulher que mais admiro) nos ensinou a não dar tanta importância para esse tipo de data, dia da criança, páscoa, dia dos namorados, dia da janela aberta, dia do motorista de carreta, etc...
E aprendi, com isso, que se admiramos algo ou alguém devemos demonstrar tal admiração diariamente.

Pois bem, hoje 8 de Março é o dia internacinal da mulher, pensei em nem registrar essa data em meu blog mas fui “levado” a fazê-lo.
A minha definição sobre mulheres é que elas são as guardiãs do amor, são seres sensíveis, delicados, corajosos, belos, sorriem e choram com a mesma facilidade, são fonte da vida, da paz e do desejo para nós pobres homens.
Eu as considero seres superiores, e algumas merecem pedestais para que eu as adore prostrado sob seus pés.

Elas tem o poder de nos levar ao céu ou ao inferno com a mesma naturalidade, amam, se entregam, nos fazem flutuar quilômetros acima do solo mas, se resolverem desencanar simplesmente soltam nossas mãos e só nos resta rezar para que caiamos sobre arbustos macios (o que nunca acontece, aliás).

Já me disseram algumas vezes que tenho alma feminina, que sei decifrar os meandros misteriosos do ser feminino, que as entendo...Mas isso é pura bobagem, eu não as entendo e nem tenho pretensões para tal, eu apenas as admiro profundamente e as respeito verdadeiramente.

É bem verdade que algumas mulheres merecem o meu desprezo e a minha ira, mas as circunstâncias que me levaram a tais sentimentos são mesmo impermeáveis e perfeitamente explicáveis, porém apaziguador que sou, sempre estou disposto e aberto a reconciliações.

Mulheres são também seres confusos e inseguros, levam o ciúme às suas últimas conseqüências, são vingativas e cruéis até.
Realmente não as entendo, mas admiro muito a feminilidade, a voz suave, o corpo, o cheiro, o sabor e a alma das mulheres.

Enfim, parabéns por essa data dedicada a vocês meninas, e que Vênus e Afrodite sempre as abençõe...

20 comentários:

Helga disse...

Muito delicado o seu olhar. Penso que mulheres não acostumadas a este tratamento chega precisam ser relembradas de que ops, era assim mesmo que deveriam ser tratadas. O retorno seria fabuloso para todos. E viva as sociedades matriarcais.

Luana Ferraz disse...

Não poderia deixar de existir tuas palavras por aqui HOJE, sempre... Lindas.


Um beijo

Marcela, 14 disse...

Ai, que emoção *-* me orgulho de ser mulher IAUSHDU e obrigada :)
Um beijão :*

Tempestade disse...

Obrigada pela homenagem!
Beijos Tempestuosos!

Sophie Rennée disse...

marcelo, deculpa aí. Mas não é que Deus as abençoem?

Marcelo disse...

Nesse caso não, Sophie. Vênus é a Deusa que dá símbolo ao ícone feminino, Afrodite é o próprio símbolo da sexualidade.

Mineirícia disse...

Obrigada pela homenagem! :)

Sophie Rennée disse...

E dái? O sujeito não continua concordando com o objeto não???kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Marcelo disse...

Shopie querida, apenas liberdade poética e existe um contexto aqui, só observar.

Bella disse...

E quem disse que, aos nossos olhos,vcs homens são fáceis de entender? adorei a homenagem, seu texto é simples e bonito...

Giane disse...

E que a Donzela, a Mãe e a Anciã sempre te inspirem caro Marcelo.
Sempre te inspirem.

Beijos mil!!!

Felina disse...

Lindo texto Marcelo. Te admiro muito.
Super beijo!

Patricia disse...

Vc pode não nos entender, mas sabe muito bem como nos agradar rsrsr.

Obrigada!
=)

Beijos meus!!!

:: Fatima :: disse...

Mais um?

Nos merecemos neh?ahahaa

Obrigado pela parte que me toca!

bjos marcelo!

manzas disse...

Num momento desnudado de inspiração
Apuro sentidos desconhecidos nas janelas do mundo…
Abro longas cortinas entreabertas da imaginação
E sonho despertar, num sono em que não durmo

Um resto de um bom dia e semana
Continuando, com a boa inspiração…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Dany disse...

Que linda homenagem, Má!!
Me senti lisonjeada...
Delicada a sua forma de descrever e sentir sobre as mulheres! Isso é raro!
Bjos

BANDEIRAS disse...

Gosto de vir aqui, vc sempre nos prestigia a todas.
Poeta das mulheres,

Beijinhos

Marina disse...

Que linda a sua homenagem, Marcelo. Não tive vontade de fazer uma homenagem no meu blog. Concordo com a sua mãe e quase não dou importância a essas datas, mesmo que tenham um valor histórico e moral muito grande. Mas isso não significa que não possa apreciar a delicadeza de palavras tão lindas.

Abraço!

Humana disse...

Olá Msrcelo,
como mulher, agradeço esta homenagem que tb é para mim!
És um homem muito especial, porque tens uma sensibilidade que se aproxima em muito do universo feminino.Acredito que seja sim, pelo respeito que nutres pelas mulheres e pelo papel importante que sabes que têem.
Um beijo já com saudades...

paula barros disse...

Essa sua admiração pelas mulheres e sua sensibilidade fez com que eu lesse um dos textos mais lindo sobre as mulheres.

Obrigada.

beijo