domingo, 19 de outubro de 2008

On the mend

Quando entregamos o nosso coração para alguém, queremos apenas que esse alguém cuide desse coração com carinho, atenção, paciência e que o preencha de amor.

De forma alguma é simples cuidar de um coração que lhe é entregue por inteiro. Derrubá-lo das mãos, deixá-lo cair e se quebrar é algo muito fácil. Basta um pequeno descuido e pronto, aquele coração que lhe foi presenteado e confiado por inteiro e absolutamente intacto parte-se em duas metades espalhando cacos vermelhos por todo o chão.

Consertar esse estrago é possível, mas isso depende da vontade de quem o quebrou, e nem sempre esse alguém está disposto a colar as duas metades separadas.
Nesse caso só resta ao proprietário do coração partido recolhê-lo do chão, sentar em sua cama e colar cuidadosamente cada pedaço recuperado.
Dificilmente esse coração será o mesmo, porque muitos dos cacos são tão minúsculos que simplesmente nunca mais serão encontrados e agregados aos seus respectivos lugares.

Porém existe um remédio para isso, é só essa pessoa que deixou o seu coração cair, voltar e o preencher novamente com o seu amor.
Assim todas as moléculas e pedacinhos perdidos regeneram-se como em um passe de mágica, fazendo assim com que o coração quebrado volte a ficar inteiro, intacto e feliz.
Normalmente um coração regenerado dessa forma torna-se muito mais forte, e o amor ali contido muito mais puro, verdadeiro e indiscutivelmente infinito.

Apenas porque ninguém entrega o seu coração por inteiro se não ama de verdade, assim como ninguém volta para consertar o estrago que fez caso não ame dessa mesma forma...

17 comentários:

Patricia disse...

Concordo plenamente com tudo que o senhor disse.
quando um coração se quebra, infelizmente é dífícil recuperá-lo por completo,mas... não impossível.
Sinto exatamente isso no momento, mas... terei paciência comigo mesma.
Espero sinceramente que se alguém deixou o seu cair, ela esteja cuidando de verdade para restaurá-lo com perfeição.

T+

Marcelo Martins disse...

Nem sei, senhora Patrícia. Nem sei...
Aparentemente não, mas engano-me normalmente com as aparências.

T+

... disse...

Ela vai voltar e cuidar do seu coração...
Um amor assim sempre acaba prevalecendo.
Ainda prefiro acreditar na força suprema do amor, mesmo que isso me torne uma pessoa tola e sonhadora demais.
Por isso vá cuidando do seu coração e o reconstituindo, que a parte que falta, eu tenho fé que volta para tomar o espaço que vc reservou com tanto carinho.
Glaucia

Marcelo Martins disse...

Não, cara Glaucia, ela não vai fazer nada disso...
Mas sou grato pela sua torcida à favor. Porque contra nós já existe gente mais do que o suficiente...

Beijos

Mah disse...

Adorei o BLOG.

Ame tudo que for verdadeiro e, mesmo que doa, deixe tudo que não for passar.

Uma nova pessoa pode consertar seu coração, mas isso depende de você.
Cuide dele e depois entregue-o novamente.
Antes morrer de amor, do que de medo.

Um beijo!

Águas de Março disse...

Essa dor! como dói!
Você fala de amor. Sentir amor assim por alguem que não lhe ama, não vale a pena. Esqueça, encontre outro amor que cuide do seu amor.
beijos senhor amor!

Edna Federico disse...

O pior é que dificilmente encontramos alguém que cuide de nosso coração como gostaríamos...
Beijo

Inside Me disse...

um coração partido nunca volta ser igual, é como um cristal quebrado, mesmo querendo, mesmo havendo possiblidades de cura, infelizmente, muito embora ter de volta o que perdemos nos dê uma satisfação inenarrável. good luck

paula barros disse...

Bonita essa visão do amor. Sempre que se fala de corações partido se fala que nele ficam marcas.

Aprecio sua escrita, sua forma de ver o amor.

bjs

» NaY « disse...

Ahh, não sei se se pode recuperar um coração por completo... Acho que há pedaços tão microscópicos que não se consegue colocar novamente no lugar, ou mesmo encontrá-los pelo chão! Marcas ficam, às vezes cicatrizes... Mas elas não nos impedem de continuar a viver e a amar outra vez, na verdade nos ensinam a ser melhores e a não cometer os mesmos erros, como entregar o coração a alguem que dele não sabe cuidar!

Xerus
=***

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Às vezes a reconstituição é impossível quando a pessoa amada se vai de vez. Mas acho que não é esse o seu caso. Agora, acho que você deve pensar, pois o que aconteceu uma vez, pode acontecer de novo: "vale a pena?"
Um beijo,
Renata Cordeiro

Ludmila Prado disse...

essas coisas são tão dificeis de falar, temos por instinto magoar quem + gostamos, é terrível, pretendo NUNCA fazer isso com as pessoas que amo, + nunca se sabe.

beijão

Ludmila Prado disse...

concordo plenamente com o que a Nay falou, nem sempre um coração pode se curar, ficam as cicatrizes, marcas, + nada que nos impesa de amar, outra vez.

Jac C. disse...

Teoricamente, está certo!
Apenas teoricamente... seria fácil se tivéssemos todas as fórmulas sobre como não errar, como preservar, como não se perder em meio o amor.
Mas vamos tentando, vale a pena!
:-)

Mary West disse...

Ahhh com certeza terá volta. ;)

Loira e Morena disse...

Ah, meu coração é todo remendado..rs
As vezes ainda dói..mas o tempo cura...ja curou outros remendos..rs

Beijocas da Loira

Ale Danyluk disse...

Lindo tudo isso...
Mas sou daquelas pessoas bem radicais e realmente prefiro que se faça o serviço perfeito e com maestria,ou seja; que se destrua mesmo o coração para que não reste nem um milímetro de vestígio do causador de tal estrago.
Assim é necessário pegar outro coração novinho, sem traumas e ir sem vícios e nem sequer lembranças para as novas vivências que virão.
E não se esqueça:
O MELHOR SEMPRE ESTÁ POR VIR....
e "NÃO DOU UM PASSO PRÁ TRÁS NEM PRA TOMAR IMPULSO..." o resto é nada Marcelo...
Beijão
Ale