terça-feira, 29 de julho de 2008

Ode to joy

meu."Sem dúvida você foi aquilo que chamo de "o mais amor" de todos.
Outros amei, amo. Mas você foi o meu mais amor.
Com você o amor deixou de ser abstrato e eu consegui traduzi-lo em forma de tesão, frio na barriga, mão suadas e brilho nos olhos.

Sacudi tudo isso, bebi o líquido rosa e simplesmente te amei.
Depois de você, minha boca nunca mais encontrou o encaixe perfeito, a dor perfeita quando os lábios se encontravam depois de dois minutos de saudade desesperada.

Com você vi a vida com lentes cor de rosa todos os dias pois, ao seu lado, a minha vida era cor de rosa, rosa choque, quase vermelha.
Seu cheiro, sua voz, sua pele; tudo eu queria inalar a cada vez que encostava o nariz no seu pescoço para, quem sabe, você morar dentro de mim.
E a gente era assim, como almas gêmeas, ou quem sabe uma alma só, contradizendo tudo que acredito.
Por você seria tudo: sua escrava, sua princesa ou sua mulher fatal.
Seria o que você quisesse e seria sempre diferente, pra você jamais se enjoar de mim.

Mataria pela sua boca, pelas sobrancelhas arqueadas; mataria por mais uma vez ser jogada carinhosamente contra a parede e ter sua mão debaixo da minha saia.
Céus, você me cansava! Eu precisava ser muito mais do que eu sou pra ser um pouco você.

Então me perdi de cansaço, de sede, por não saber mais de que outra forma te amar.
E me cansei tanto que me perdi no meio do caminho.
E pra me encontrar eu precisava te perder.
E então segui de algum jeito, pois você me tirava o sono, a fome, me cansava!

E você nem merecia ter sido largado no meio do caminho...

Esse texto é da Mila e não meu.

www.onelastcigarette.blogspot.com

16 comentários:

Karla disse...

belo texto!
adorei o blog

Coisas de Isa... disse...

Bem...eu sou a favor do que TUDO que é DEMAIS, intenso DEMAIS, muito DEMAIS atrapalha, faz mal.
Na vida tudo tem que ser ponderado, com limites, tudo da maneira mais saudável possível.
E com o amor tb...tudo o que sufoca, que faz vc se perder, não é bom, na minha opinião.
O amor vem para somar, para compartilhar, para dividir a vida, para rir, dormir melhor e até engordar de tanto comer de felicidade hahahaha(sim, qdo estou feliz até como mais...)
Pra mim, assim tem q ser o amor...mesmo pq já viví um desses, e no fim, descobrí que era obsessão, possessão tudo com ÃO, menos, o amor verdadeiro, aquela coisa suave, que te faz flutuar...não sei explicar!
O beijo,
Isa

Boa Noite Cinderela disse...

Uau que texto lindo.

Obrigada pelo comentário.
Beijoo.

Boa Noite Cinderela disse...

Achoq ue vc está me confundindo, nunca te pedi desculpas.

Dois Rios disse...

Marcelo,

Diante do teu ótimo texto, ainda que vazio de esperanças e presenças, só me resta citar uma estrofe de João Cabral de Melo Neto:

"O amor comeu meu nome, minha identidade, meu retrato. O amor comeu minha certidão de idade, minha genealogia, meu endereço. O amor comeu meus cartões de visita. O amor veio e comeu todos os papéis onde eu escrevera meu nome."

Beijo,

Boa Noite Cinderela disse...

Tudo bem.

Jac C. disse...

Te vi na Manu (Infinitas Idéias) e resolvi passar por aqui.
Faz tempo, muito tempo que não venho aqui... antes estava tudo azul.
Gostei do novo layout, vc tem muito bom gosto.
O texto, maravilhoso!
As entrelinhas dele? Não cabe a mim descobrir.
Abraços.

Milla disse...

Nooossaa... q texto perfeito!
adorei!

vou te visitar mais vezes!
E obrigado pelo coment no meu blog =)

Bjs!!

Anja Rakas disse...

Humm...desabafos solitários e doces.
E mesmo assim..foi largado no meio do caminho...
Forte e sensual.

Beijos...largados

Anne disse...

Sinceramente sem palavras.
Comentário bobo, mas é absolutamente lindo esse texto.
E ponto.
Bjo

LindaRê disse...

Simplesmente amei esse texto. Tem muitas coisas nele que eu gostaria de ter dito.

Beijos

Dani disse...

Nossa! Que texto!!!!!
Parabens à moça que o escreveu!

Digo à ela, que tem gente que diz que amor assim, só acontece uma vez na vida. Sinceramente, eu prefiro acreditar que, cada novo amor, possa ser vivido com essa intensidade!

Putz, ainda estou sob o efeito desse texto! Sensacional.
A Moça que escreveu tem blog!? Eu quero ler mais coisas dela!

beijo

Pequena Poetiza disse...

e nem sei ao certo como cheguei aqui
mas perdi o fôlego nesse post
com a intensidade e sinceridade mais bela


"Depois de você, minha boca nunca mais encontrou o encaixe perfeito"


belíssimo

bjos da Pequena Poetiza!

Cin disse...

Sabia que vc n ia aguentar mto tempo rs
Bom tê-lo de volta!
Bjos!

Assim que sou disse...

Tentar entender a alma e o coração do outro é um exercício corajoso. Acho realmente que você é um cara corajoso. E auto-explicável.
Te visito poucas vezes, mas sempre que venho acho muito bom.

bjs. Veronica

Princesa Paty disse...

Realmente, lindo texto!!!
A pessoa que escreveu tem um lindo dom!

Beijos!