segunda-feira, 22 de junho de 2009

Porta retratos

Os ruídos começaram exatamente às seis da manhã, quando eu estava completamente envolvido em algum dos meus sonhos surreais.
Eu acordei sobressaltado com o barulho de marteladas e serras elétricas cortando algum tipo de metal.
As paredes do meu pequeno quarto tremiam na medida em que os sons se aproximavam da porta.

Eu estava ali, amedrontado sob as cobertas sem coragem de sair da cama e finalmente certificar-me de que tudo aquilo não passava apenas de mais uma reforma no vizinho.
Uma pequena nuvem de poeira avermelhada invade meu quarto por debaixo da porta tornando meu ar irrespirável, os ruídos metálicos cada vez mais pertos e cada vez mais altos.
Reúno o que resta das minhas forças e da minha coragem num balbucio hesitante;
_Quem está aí?!

A maçaneta da porta se move, marteladas nos batentes, a nuvem de poeira como uma espessa camada de neblina cobrindo meus utensílios que despencam das prateleiras espatifando-se no chão agora coberto de pó.
A porta do meu quarto abre-se violentamente.
Os barulhos cessam imediatamente.

Acordo completamente suado numa linda manhã se Sol.
O frescor do ar dominical, a porta trancada, silêncio tumular e meu porta-retratos repousa misteriosamente em mil pedaços aos pés da cama.

14 comentários:

Edna Federico disse...

Vixe....mistéeeeeeeeeerio!!!!
Beijo

Giane disse...

Oi, Marcelo!

Hummmm...sonho ou pesadelo?

Beijos mil!!!

Glaucia disse...

Eita marcelo que despertar mais agitado...
Mas acho que um porta retrato quebrado pode ser até bom,afinal eles só guardam imagens congeladas de momentos que passaram e o que passou felizmente ou infelizmente passou e sempre haverá uma linda manhã de sol para compensar tudo...
Caracas acho que divaguei demais como de costume...
Beijo pra ti moço
Glau

Menina da Imprensa disse...

Nossa, foi angustiante ler isso... Ai ki meda! :o)

Kisses

Rafael disse...

Gostei do texto!
Abraço

FERNANDA & POEMAS disse...

OLÁ AMIGO MARCELO, GOSTEI DO TEXTO... LINDO!!!
ABRAÇOS DE CARINHO,
FERNANDINHA

* Bela* disse...

Eis a questão...sonho ou pesadelo?

bjuS

eu, vanessa. disse...

Passaram-se tantas coisas na minha cabeça, enquanto lia sua linhas, mas agora não faço idéia do que entendi e deixei de entender.

Ah, gosto dessas surrealidades. Desse mundo fantástico, misterioso.

E obrigada pela visita no meu blog.

Beeijo
:*

Ivich disse...

Aposto em um sonho, mas cheio de minstéiro!

Pena ter perdido o porta retrato!!

Beijos

Monique Frebell disse...

E o que era isso tdo enton???

Fernanda Magalhães disse...

Tens o dom da escrita e de prender o leitor.

Adorei!

Bjos de luz!

Marina disse...

Justo um porta-retrato, fico imaginando a relação disso tudo. Mistério.

Mas pesadelo mesmo é reforma no apartamento vizinho.

Rodrigo Melquiades disse...

Muito bom o textooo...
AdoroO suspense...rssss
òtima quinta garotoO...
Ve se aparece..
Abras..

Just Eventually disse...

Nossa, imaginem coisas completamente
diferentes enquanto lia...
adorei o texto.

beijos