sábado, 13 de dezembro de 2008

Caminhos

_Sinto medo...
_Medo do que, menina?
_Sabe aquela sensação de solidão, de que todos estão contra você? Aquela desconfortável sensação de vazio, de perda, de falta de algo que nem sei decifrar o que é, aquela sensação de não sentir?
_Sim, eu sei...
_O que eu faço, Má?
_Lembre-se de que eu sempre estarei aqui, e não costumo deixar quem eu gosto sozinha em nenhuma estrada deserta.
_Mesmo já tendo sido deixado nessa mesma estrada?
_Exatamente por isso...
_Devo lutar? Devo desistir? Devo simplesmente aceitar?
_Você deve apenas acreditar, menina.
_Acreditar no que, Má?
_Em você...

10 comentários:

Giane disse...

Oi, Marcelo.

Não poderei explicar o por quê, mas te agradeço.
As palavras certas sempre "aparecem" quando preciso.
E as que você escreveu, confirmaram algo muito importante para mim.

Beijos mil e fique bem!!!

Dany disse...

Realmente, é preciso acreditar em nós mesmos! Sempre!!
Me identifiquei bastante com esse dialogo!
;)
Bjs

Mariana disse...

Acreditar em si mesmo é a luz que falta na escuridão...

... disse...

Cada um é o centro do seu mundo e acreditar é primordial, ter fé...
Que as incertezas desse diálogo e os medos sejam afastados, se ele foi real...
E que a menina espante os monstros para longe, usando como força a fé em si e a fé na sua presença que se faz promessa. E pelo que te conheço sei que será cumprida.
Bj
Glaucia

paula barros disse...

Que lição, não é mesmo Má.

Quando acreditamos na gente, suportamos até as estradas desertas.

Vamos em frente. Gostei demais.


boa semana!

Carolzita! disse...

Acreditar na gente é o primeiro grande passo, logo os caminhos se abrem!

beijo

Ivich disse...

Auto-confiança é muito mais difícil de desenvolver. Conseguimos acreditar em super-heróis, mitos, contos de fadas, mas enxergar o super-herói dentro de sim próprio exige óculos daqueles fundo de garrafa.

Belo texto!

Bjo

O amor e etc. disse...

Cara, eu adorei. Realmente eu senti o impacto de suas palavras. Serviu muito para mim, com toda certeza eu posso aplicar muito do que eu aprendi nesse pequeno texto em minha vida. Eu a-do-rei o texto, sério.

Luz disse...

Perfeito...

http://tendresse.blogs.sapo.pt

SAM disse...

Valeu, Marcelo...É tudo que precisamos de ler e, sobretudo, nos conscientizar.


Beijo