quinta-feira, 27 de novembro de 2008

...

Todos somos apenas cinzas ao vento.

2 comentários:

Patricia disse...

Conseguiria me explicar o que vc quer dizer?

paula barros disse...

Diante de tragédias assim, e em outros momentos da vida também é que percebemos o quanto não somos nada. E ainda nos incomodamos com bobagens. E sofremos por coisas pequenas.

abraços