sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Dora não te adora

Eles se conheceram em um shopping à alguns anos atrás, se apaixonaram imediatamente e começaram a namorar.
Foi sempre um relacionamento muito conturbado, pois sentiam muito ciúmes um do outro, brigavam como cão e gata...
Mas se amavam de verdade, isso era bem claro aos olhos de todos.

Após mais uma das suas discussões, Dora decidiu terminar o namoro. Lucas pediu para que ela reconsiderasse a sua decisão, para que ela tivesse paciência, compreensão e essas coisas todas que dizem os que estão prestes a ser chutados.
Mas Dora estava irredutível, nada mais do que Lucas dissesse ou fizesse iria convencê-la a voltar.

Então ela partiu, mas não sem antes deixar um e-mail na caixa postal de Lucas:
“Eu prometi te amar pra sempre e vou cumprir essa minha promessa. Sei que você também vai me amar pra sempre, mas cansei das nossas discussões, seja feliz e adeus.”

Lucas chorou, sentiu dor, perdeu o sono, o apetite o ânimo, mas decidiu não mais insistir com Dora.
Mas não sem antes responder o e-mail de Dora:
“Eu vou te esperar enquanto eu viver, porque te espero desde que eu nasci. Portanto, pra mim, não é nenhuma novidade aguardar que o amor da minha vida esteja finalmente aninhada em meus braços”.

Então Dora cumpriu a sua promessa.
E Lucas também...


"Amor não se conjuga no passado; ou se ama para sempre ou nunca se amou verdadeiramente." (M. Paglia)

17 comentários:

Patricia disse...

Ótimo texto... parabéns!

-/

Marcelo Martins disse...

Valeu.

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

O verdadeiro amor é aquele conquistado dia a dia, da aceitação do outro como ele é, com suas imperfeições e qualidades. E só esse é o amor eterno.
Eu o tive, tive um filho com ele, os dois eram a minha vida, mas os perdi inexoravelmente. Nem que eu quisesse poderia trazê-los de volta.
Assim é a vida.
Rapaz, fiquei triste, então, vamos ao que interessa. Fiz nova postagem e a enchi de comidinhas para que os meus convidados se banqueteiem. Você é meu convidado.
Um beijo,
Renata

Tanmi Morais disse...

ela continuou a amá-lo e ele continuou a esperar...

às vezes só amar não é o bastante... tem que 'saber' amar, saber ceder (mesmo sendo suuuper difícil), tentar evitar brigas que não dão em nada e só deixam cicatrizes.

uma vez li um texto que se chama 'não goste apenas do amor', o título já diz tudo.

PS: concordo com a frase em destaque em parte, o fato de o amor acabar não significa que não foi verdadeiro, o tempo muda os sentimentos e a vida traz novas chances de ser feliz...

PPS: enfim posso deixar um comentário aqui (:

, beeijo:*

Edna Federico disse...

Eu sempre digo: nem sempre amar basta!
Beijo

BANDEIRAS disse...

É TÃO BOM QDO TEMOS A CERTEZA QUE O AMOR QUE ESTÁ ANINHADO EM NOSSOS BRAÇOS É REALMENTE NOSSO...

BJS.

mania disse...

cara,
se tu não fosses publicitário eu te namorava...Num da pra mudar de profissão, não? ahauahauahauahauahauahauahauahaua Vida injusta essa.

Úniica e exclusiiva disse...

Faço as minhas as palavras da Renata: O verdadeiro amor é aquele conquistado dia a dia, da aceitação do outro como ele é, com suas imperfeições e qualidades. E só esse é o amor eterno.

Quero que me ame assim tbm ... só que eu ficarei nos braços pra sempre!

bzO :****

Mariana disse...

Que neste final de semana o seu caminhar encontre o caminho das flores. Beijos

insônia disse...

amar assim, dessa forma, apenas acontece uma vez única na vida. Todo resto vem naturalmente, quase como consequencia daquele sentimento que a gente nem sabe de onde (como?) surgiu. algumas pessoas passam a vida procurando por isso e jamais encontram. não é pra todo mundo.

Giane disse...

É verdade. Todos os grandes Amores que temos na Vida são eternos. Do contrário não seriam verdadeiros.
Amor de pai, mãe, irmão, amigo, filho...
O Amor por alguém especial.

Beijos mil, Marcelo!!!

Aline Ximenes disse...

acho q vou desistir do meu lbog... =/

Anônimo disse...

Mas tem gente ( Única e exclusiva ) que não se toca mesmo hein!!!!

Carol Rezende disse...

Adorei o texto.. e ainda mais a frase de Paglia!
Logo pegarei ela emprestada ;)

Marcelo Martins disse...

???

Marília Silveira disse...

De fato, caro Marcelo... às vezes só o amor não é o suficiente... entendo perfeitamente, embora preferisse não entender...

um abraço.

Águas de Março disse...

Você ama quem não lhe ama?
Faça isso não...
Eu já amei não amo mais ninguem.
Podemos nos juntar?
os dois sem amar?
Ou os dois amando demais...