quarta-feira, 20 de agosto de 2008

Esperando a espera acabar

_Por que a sua expressão é sempre tão séria, Má?
_Porque eu sou cara sério.
_E você nunca sorri??
_Sorrio apenas quando esse desejo nasce da minha alma.
_Você tem mesmo alma de poeta, todos os poetas são tristes.
_Eu não me considero uma pessoa triste e muito menos um poeta, talvez eu esteja apenas aguardando algo que eu sempre quis, e ninguém espera sorrindo, não é?
_Quando esse “algo” chegar você vai sorrir então?
_Sim, eu vou...
_E por quê?
_Porque esse “algo” é o que faz com que a minha alma sorria...


P.S.: Conversa publicada com a autorização da minha brilhante interlocutora.

44 comentários:

Jac C. disse...

Inevitavelmente cada um de nós somos uma história viva e envolvemos nela vários outros personagens direta ou indiretamente.
Tudo o que escreves aqui é parte de sua história, escrita por ninguém mais que si próprio.
Busque seu final feliz.
Pensando melhor, é melhor que não seja feliz só no final, ou corre o risco de curtir pouco o melhor capítulo.

Carinhoso abraço.

Marcelo Martins disse...

Comentário genial, Dona Jac.

Ela disse...

Ser sério é uma característica que sempre me atraiu em homens.
A coisa aqui é que além de você ser um homem sério é um homem lindo.
Me explica, que boca é essa? E seus olhos? Oq é isso?Vc existe mesmo?

Marcelo Martins disse...

Existo mesmo. Mas a minha existência é norteada pela minha alma apaixonada.

Beijos e grato, Ela.

Aline Ahmad disse...

Marcelo,
Adorei passar por aqui de novo.
Parabéns pelas imagens que emergem de suas palavras!
Beijos de luz,
Aline***

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Marcelo, meu amado poeta, sua poesia , como posso dizer:
PROFUNDA E VICERAL.
Adoro você Poeta.

Brownie disse...

Primeira vez por aqui. Vi você num comentário do blog de Aline Ahmad. Gostei muito e voltarei!

Quanto ao atual post: que esse algo chegue logo!
Beijos,
Aline Alves

www.aline.a.zip.net (particular)
www.opratodehoje.blogspot.com ("comunitário")

Aline Ahmad disse...

Hmm...
Compartilhamos o mesmo projeto e a mesma atitude em relação a ele...
Beijo, vai... risos

Aline Ahmad disse...

Quando eu quero. Por que?

Aline Ahmad disse...

alineahmad@hotmail.com

Anônimo disse...

Eu sou uma privilegiada, porque não apenas vi muitos sorrisos neste rosto, como já ouvi gargalhadas, muitas gargalhadas... começaram tímidas, mas dpois explodiram em cores de felicidade!
Como as consegui? Às vezes em coisas que dizia, outras em coisas que fazia, e algumas à força fazendo cosquinha! hihihi
Nunca te disse (acho), mas fazer-te sorrir foi uma das minhas conquistas mais suadas! rs...

[...]

paula barros disse...

Eita, entendo.
Já fui assim. Hoje consigo sorrir.
A minha espera era por mim mesma. Quando destravou algo o sorriso, o carinho sairam mais fáceis.
Mas ainda dizem que sou séria.
Me ajoelho para essa sua frase.

"Mas a minha existência é norteada pela minha alma apaixonada."

Beti Timm disse...

Marcelo,
vim te visitar, pq te vi no blog da Martha, e l� algo que disseste, me chamou a aten�o. Sobre gostares de Hist�rias antigas! Mas deu-se por um motivo inverso, ou seja por n�o me ater a esse tipo de arte, mas admirar muito quem isto cultua. Acho um ato falho de minha parte, que tento sempre consertar. Adorei teu blog, tua poesia, e tua sensibilidade. Parab�ns! Beijos envergonhados, por essa minha falha

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

...sua alma sempre sorri, ela encontrou a minha....

Brownie disse...

Eu? Sim! Aline, mas Alves.

E aquele blog que tu comentou é meu e de mais três pessoas (as "sobremesas queridas").
Usamos a comida como metáfora pra falarmos das situações cotidianas ou algo do gênero.
Uma delícia!

Beti Timm disse...

Marcelo, a minha falha é não a devida paciência para gostar de histórias antigas. Mas realmente, no vácuo, estamos rente. Beijos

Marcelo Martins disse...

E quem não está rente ao vácuo, Dona Beti? rs.

Liza disse...

Gato rs.
Gatão mesmo uau.

Marcelo Martins disse...

Suas conquistas nunca foram suadas (...)

Flor de Lotus disse...

Mais do que uma foto bonita de um homem bonito, vejo presente aqui uma alma linda, uma alma que tem seu ponto forte no olhar...
Seu olhar é profundo, um espelho por onde um homem maravilhoso deixa transparecer que sua espera é por dias melhores e por uma felicidade plena.
E um dia essa espera acaba...
Mas seu olhar será sempre profundo, porém será profundo e repleto de felicidade indescritível quando a espera terminar...
Seu olhar é um mar imenso de sentimentos e desejos.
Beijos em ti.

Anônimo disse...

Então vc só se fazia de difícil? rs... ou era pq teu riso era tão feliz comigo? =P

[...]

Princesa Paty disse...

Acho que depois de todos esses comentários, não preciso falar mais nada soobre lindo texto, interessante diálogo ou sua sensibilidade em escrever, né?
Só posso dizer q nossa, cada dia que passa me surpreendo mais com a facilidade de vc tem de conquistar admiradoras.
achei que era a única, snif!

Ta bom, né.Conversamos pelo msn depois.

Beijo1

=/

TIAGO FERNANDES disse...

Quem espera sempre alcança, é o que dizem. Um caso a pensar, não?

Marcelo Martins disse...

Porque meu riso era tão feliz contigo.

Thefy disse...

Então que você encontre este "algo" depressa para poder sorrir sempre...
Bjokas

Mary West disse...

E ainda evita rugas! ;)

LindaRê disse...

A alma sempre encontra motivos pra sorrir...
Uma hora eles vêem.

Bjs

Pecadora disse...

Espero que esse "algo" chegue logo e lhe faça sorrir muito,muito,muito,até doer a barriga de tanto sorrir,essa sensação é maravilhosa e nos deixa de alma"lavada"...
Adorei seu blog,adoro ler a "visão masculina" das coisas,já coloquei um link no meu blog pra não deixar mais de vir aqui...um abraço!

Mila disse...

Somos opostos... eu to sempre sorrindo... mesmo que não por dentro... pras pessoas estou sempre sorrindo... até pra elas não ficarem me questionando... ai questionam se sou boba de rir de tudo...pode ser... mas eu sei o que é sorrir de verdade....
Beijos Mila

Anônimo disse...

Odeio você, odeio a martha, ela está sempre em evidência, aqui, em outros blogs, odeio tudo que ela representa.Que história e essa de sua alma encontrou a minha?
Odeio você.

Marcelo Martins disse...

Nossa, mas quanto ódio nesse seu coraçãozinho.
Paz e amor.

Edna Federico disse...

Hum...eu vivo sorrindo, acho que não ando esperando nada, riso.
Ah, meu amigo...é sempre bom aprender com as diferenças, né...um sério, outro sorridente...e assim vamos costurando histórias.
Beijo

Pri, prazer disse...

Eu também, de certa forma, aprendi a lidar com a carência, mas a carência do amor em si, de homem x mulher. Já a falta de alguém pra desabafar, dividir momentos e trocar confidências, têm me preocupado mais que o normal ultimamente. Eu também considero a conquista que usa os artifícios da inteligência a melhor possível, e realmente sinto falta de pessoas que pensam o mesmo, e que sabem que são diferentes, que têm conteúdo. Acho que uma dessas pessoas apareceu no meu caminho, mesmo enquanto eu não procurava. Mas elas costumam sair desse mesmo caminho com tão rápido quanto entraram, isso é fato, mas eu aprendi a lidar com a situação. Afinal, o ser deve se adaptar ao habitat de acordo com as transformações.

Não preciso nem dizer que também gostei daqui, preciso? Rs.

E ah, vi que tu manja sobre tutoriais e tals. Só precisava te fazer uma pergunta (torcendo por uma resposta): Como eu faço pra colocar uma imagem no fundo do blog? Tem como isso?

Beijo enorme Ma, e também voltarei ;*

MCI disse...

É... Quando chega o momento certo, a gente sempre sorri.
E é quase sem querer: o sorriso BROTA.
Quando é espontâneo, não precisa ser "ordenado ao cérebro": sem pedir licença, o sorriso se apodera dos lábios e manda o seu recado.

=)

Jééh ! disse...

uia, arraso no texto, lindo demais.
amei =)

bejo!

Bruno disse...

Espero que o algo ja tenha chegado!

Pri, prazer disse...

kkkkkk, tá mais pra divã! Pois é, meu caro, a questão chave mesmo de tudo, é que SOMOS SIM exigentes demais. Não nos culpo. Quando eu entro numa relação, eu me dedico totalmente, sou fiel, compreensiva e blábláblá, então, não quero que qualquer cara que apareça no meu caminho receba todo esse empenho, me entende? É, Sr. Marcelo, o que é nosso tá guardado! Mais cedo ou mais tarde, tudo se comprovará!

;)

Flor de Lotus disse...

Sabe...
Estava na minha montanha tibetana maquiando os olhos e pensando: Qual será o segredo de Marcelo Martins...?
Num instante veio de relance uma definição para esse segredo, que faz de ti alguém tão especial. O segredo está no fato de que vc é o perfeito MM : uma porção deliciosa de doçura cercada de cores que estimulam as emoções mais secretas. Em especial a cor azul que eleva o imaginário ás alturas... rssss
Beijos

Anônimo disse...

Marcelo, publique isso, por favoooor! rs

Cara colega anônima, pra que tantos ciúmes disfarçado em ódio? Não se preocupe com as divagações da Martha pro Marcelo, ela definitivamente não faz o tipo dele, é uma mulher beirando os cinquenta e o dono deste blog gosta é de menininhas de 20 e poucos anos, ela não representa perigo, creia nisso! hehehehe
Eu racho o bico de rir dessas suas fãs, viu Marcelo!
Então cara chará na anonimidade, se vc for uma cocotinha de 20 e poucos anos, fica tranquila, mas se for uma tia velha solitária, tb tá fora da jogada! hahahaha

[...]

Inside Me disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anônimo disse...

VOcê está com ela não é?
Mas não pense que ela fica com você.
A linda bailarina é estranha e só.
Não ama ninguem.
Martha não é para você!
Esqueça!

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

É , a pouco eu conversava com Marcelo é chegamos a conclusão de que as portas do Hospício estão abertas.
Estão mesmo, para os invejosos,[a] os mal amados[a], para as pessoas mal resolvidas em relação a vida [ vida tão magestosa e admirável], onde tudo é possível e permitido basta querer.
E eu quero, quero saber das poesias intensas do Marcelo,e que venham outros poemas, tantos quanto a sua sensibilidade lançar, porque estas contribuições de alma e cultura é que enriquecem nossa vida.
A propósito ,não sou mais velha que Marcelo, temos a mesma idade, e somos passíveis de sangue,há querido Anonimo [a] de retrato silêncio, de cartas não assinadas denunciando coisas que fizemos ou não....
É preciso coração para entender, é preciso mão para tocar
Como explicar a luz?
Como explicar o afeto?
Porque palavra, não entendo sua mágoa!

Marcelo Martins disse...

Não, cara anônima raivosa-furiosa-descontrol, eu não estou com ela.
Não estou com ninguém além daquela que é a dona dos meus sonhos.
Quem é ela?
Você jamais saberá hohohoho.

Danielle Ribeiro disse...

Sei lá... Não consigo esperar por uma coisa que quero muito, sem transparecer um sorriso bobo, sabe?
Mesmo que eu ainda não tenha, tenho certeza que vou conseguir um dia...
E minha alma sorri... E meus olhos também... É involuntário!