domingo, 7 de março de 2010

Mulheres...Tsc,tsc.

Não vou me derreter em elogios ao gênero feminino aqui.
Prefiro me ater aos seus inúmeros defeitos.
São confusas, inseguras, choronas, teimosas, a maioria das vezes insensatas, irritadiças, contraditórias e surtadas.
Pra mim, uma frase que ouvi as define bem; A primeira coisa que deve saber para entender uma mulher é que em seu mundo nada faz sentido.
Quando dizem não, significa sim, e vice versa. Quando dizem que querem, na verdade não decidiram ainda, quando afirmam-se convictas sobre algo sua única e verdadeira certeza é de que tudo pode mudar de uma hora pra outra, ou no segundo seguinte.

São capazes de esquecer seus homens na sala por horas a fio enquanto pensam, em frente ao espelho do quarto, qual sapato combinaria melhor com uma das suas milhares de bolsas.
No restaurante ela escolhe peixe enquanto você quer frango, e quando chegam os dois pratos ela manifesta um súbito e irresistível desejo por frango ao molho pardo. Você acaba ficando com o peixe...
Na cama ela sente terríveis dores de cabeça e insuportáveis cólicas pré menstruais justamente quando você quer testar suas novas habilidades tântricas. E quando você desiste e, compreensivelmente adormece, ela decide acordá-lo no meio da madrugada com um pequeno show de strep tease ao som de Cassandra Wilson.

Pobres de nós meros homens, seres simples e objetivos, reféns dos subjetivos desejos femininos.
Riem e choram com a mesma facilidade. São capazes de mergulhar em profunda depressão caso você esqueça a toalha molhada sobre a cama ou rir copiosamente no meio daquela sua trágica história sobre o dia em que brochou.

Mulheres nos confundem...E divertem-se com isso. Dizem que “Homens não entendem nada”, mas como entender a própria definição do incompreensível?
Decididamente hoje não vou elogiar as mulheres, deixo isso para tantos outros autores que no tal Dia internacional da mulher o fará em versos, sonetos e prosas.
Hoje limito-me a dizer que, embora muitas vezes ela faça-me sentir apenas um garotinho perdido e confuso, meu maior tesão é mantê-la protegida em meus braços e aquecida sob meu simples, convicto e objetivo amor.

O problema é que ela ainda não decidiu se me ama. (Oo)

Mulheres...

16 comentários:

Humana disse...

Olá Marcelo

hoje surpreendeste-me e não foi pela positiva. Que discurso machão, este!
Alguma mulher te fez tão mal para reagires dessa forma? Se eu fosse reagir assim pelos motivos que tenho acerca de muitos homens, acho que seria lésbica por opção neste momento!
Mas acredito que existem pessoas que valem a pena do género masculino e feminino e por isso odeio generalizações.
Aproveito para te dar uma dica a ti e todos os que não sabem: Fazer amor ou sexo como preferires, ajuda a tirar as dores de cabeça e menstruais.
Beijos e espero que isto tenha sido apenas um "desabafo".

PS - Desculpa mas sou sempre muito directa e quando não concordo ou acho injusto tenho que dizer.

Marcelo disse...

Humana querida, esse texto é apenas uma grande brincadeira.
Não tenho nada de "machão" ou "machista", muito pelo contrário, admiro vocês meninas de uma forma sublime, as respeito profundamente, as considero seres superiores,e claramente o são mesmo.
Quem me conhece sabe do que estou falando aqui.
Por favor, não leve tão ao pé da letra o que escrevi, trata-se apenas de humor.

Beijos meus.

Glaucia disse...

Cansei só de ler e por isso no dia Internacional da Mulher peço palmas para a testosterona, hormônio salvador que faz dos homens delícias bem menos confusas, adoroooo!!!
Beijos
Glau

Marina disse...

Não vou sair em defesa da classe; vou dizer que achei o texto fofo. Entendi o humor e fiquei pensando que você certamente tinha em mente alguma mulher específica, quando o escreveu.

Linda homenagem, Marcelo.

Ela disse...

Linkado*

Ela disse...

Me identifiquei em várias das tuas linhas.
E achei de muita criatividade inverter a ordem e fazer uma homenagem mais realista.

Belo texto
(você está lincado lá nos rastros)

Monilis disse...

Adorei! Achei essas palavras bem realista e bem sua cara, até acho que devia existir um "Dia internacional dos homens" porque no final é bem isso, temos muitas qualidades sim, mas somos indecisas, cheias de hormônios e vivemos em constantes mutações.
Benditos homens que nos admiram e amam acima de tudo.
E sobre o último parágrafo...valeu mais que muitas homenagens pra mim, mas não vou comentar aqui. :P

Beijos e beijos

Mile Corrêa disse...

Eu gostei!
Foi realista (talvez um pouco
exagerado em alguns pontos)
mas expressou de um modo
diferente o quanto mesmo
quando confundem os homens
as mulheres podem e devem ser
admiradas.
Beijo

Vanessa Lima disse...

Sempre admirei seu blog e seus escritos...

P isso deixei um convite pra vc lá no meu blog: "Viver é não ter a vergonha de ser feliz!!!!".

Dá uma olhadinha lá.

Bjos!!!

* Bela* disse...

Olá, to voltando e dessa vez atualizada em outro blog! Gostaria mto que vc fosse da uma passadinha lah e deixar sua marca!
Adorei seu texto!Apesar de não parecer os românticos como de costume. =/

Te aguardO lah, viu!

http://pensamentos-lidos.blogspot.com

Bjinhus

Desireé

Patricia disse...

Rsrsrsrs nao tem jeito, voce pode elogiar ou "criticar" as mulheres, fazendo ambos demostra ser um brilhante conhecedor da alma feminina.

Amei, amei, amei... e bom voltar aqui e ver que o Amenidades continua o mesmo.

Beijos meus!

=)

Nanda Nascimento disse...

Não tive como não rir e me encontrar em alguns trechos (só alguns), mais a realidade feminina é essa mesmo, não tem pra onde fugir.

Beijos e flores!

Girl in Kimono disse...

Adorei!
Um belo drama da sua parte, mas como mulher sei bem q o dramático é um adjetivo bem feminino...rs
bom, desta forma acho q vc no final das contas acabou fazendo uma homenagem as avessas as mulheres...
Gostei da sua escrita, rápida, objetiva, direta, com uma pitadinha de um humor inteligente e sarcástico... Parabéns pelo blog.

Bjs

Ale Danyluk disse...

Má,
"A mulher foi o segundo erro de Deus" ( Nietzsche)

Porque vocês homens foram decididamente o primeiro....Mas como viver sem vocês nossos queridos e enigmáticos problemas kkkkkkk

beijo

[ rod ] ® disse...

Independente ou não o amor brilha sempre aqui!

Abs meu caro.

Aproveito e divulgo um blog novo, que acredito que irá gostar.

Contribuo nele todas às quintas-feiras!




http://confrariadostrouxas.blogspot.com/2010/03/dama.html

Carol Rodrigues disse...

Olha que machistaaaaaaa
kkkkkkkkkkkkkk

eu ri =P

Saudades daqui