quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Coisas que sabemos

Todos os fracos juntos são mais fracos, fadados à confortável derrota coletiva.
Todos os fracos são opacos...
Conformados na inevitável tristeza cativa.
Todos os fracos com a chance de perder por pouco, acenando pro futuro que não veio.
Todos os fracos num lance de sofrer feito louco, andando no escuro com receio.
Todos os fracos pedem proteção...
O desejo secreto de estar completo quanto possível.

Todos os fracos perdem a direção e o desejo repleto de sonhos frustrados pelo incrível.
Todos os fracos desistiram reprimidos pelo medo de não ser, entregando os pontos onde os tontos são tantos.

Todos os fracos tomaram comprimidos tentaram esquecer, duvidando dos santos quando os prantos são tantos.
Todos os fracos num espelho trincado pra sete anos de azar.
Todos os fracos meu espelho evitado.

Como se eu pudesse evitar...


(Jay Vaquer - Todos os fracos)

10 comentários:

Marília_dosAnjos disse...

Realista. Atuante. Vivenciado.

Palavras que procuro pra compor minha carta. *.*

Bjinhos ;*** >> vc mora no meu ♥!

Ale Danyluk disse...

A tua força sempre manipula a vontade de ceder á fraqueza.
VocÊ não necessita ser completado.São os outros que precisam sair da tua sombra e te deixar leve novamente.
Seus amigos são teu melhor espelho.
Adorei.
Bjo
Ale

Daniella Living disse...

Olá, muita coisa mudou por aqui desde a última vez q te visitei [2007]. Mas continuo gostando do que leio...
Bjs!

Simplesmente disse...

Consegui postar hoje de madrugada em meio à correria das provas. Confesso que não gosto quando sou praticamente obrigada a me afastar do blog, porém não há como fugir disso. Motivo: além das provas na faculdade existem alguns probleminhas particulares. Espero resolvê-lo o quanto antes e da melhor maneira possível. Tentarei arrumar um jeitinho de postar com a mesma freqüência. Algumas pessoas possuem meu e-mail podendo ficar totalmente à vontade em realizar contato.
Com carinho e o devido respeito deste Outono.
http://www.simplesmenteoutono.blogger.com.br

Simplesmente disse...

Consegui postar hoje de madrugada em meio à correria das provas. Confesso que não gosto quando sou praticamente obrigada a me afastar do blog, porém não há como fugir disso. Motivo: além das provas na faculdade existem alguns probleminhas particulares. Espero resolvê-lo o quanto antes e da melhor maneira possível. Tentarei arrumar um jeitinho de postar com a mesma freqüência. Algumas pessoas possuem meu e-mail podendo ficar totalmente à vontade em realizar contato.
Com carinho e o devido respeito deste Outono.
http://www.simplesmenteoutono.blogger.com.br

Maicom disse...

A fraqueza é relativa. Assumir a própria fraqueza já não é uma fraqueza, por exemplo...

Abração.

Juliana David disse...

Olá Marcelo,

Momentos de fraqueza, tristeza são sentimentos difíceis de serem vividos, muitas vezes sufocam. Mas a alma precisa de marcas para crescer, refletir. A dor muitas vezes é inevitável.

Bjs Mil.

Ju

[ rod ] ® disse...

por onde anda meu caro/?

Naty e Carlos disse...

Que o seu Natal seja cheio de paz e harmonia
em companhia dos amigos e da família.
Que a passagem deste ano
renove e revigore
em todos nós a esperança
de saúde,
prosperidade,
bem estar
e felicidade.
Boas Festas

Simplesmente disse...

Passo para desejar um Natal na magnitude do teu mereciemento.

Desejo ainda que 2010 seja um ano repleto de sonhos realizados, de amizades fortalecidas, de amores vividos.

Permaneço afastada das letras por motivos que indepedem da minha vontade.

"É impressionante a força que as coisas parecem ter quando elas precisam acontecer". Permeada verdade com uma intensidade que jamais pensei suportar.

Deixo-te minhas folhas com o mesmo carinho de sempre ressaltando a saudade do nosso contato.

Simplesmente Outono.