quinta-feira, 25 de setembro de 2008

...And i can feel my body shake.

Vivo, sem dúvida, a pior fase da minha vida...
Murphy resolveu aplicar todas as suas leis ao mesmo tempo comigo.
Briguei com todo mundo que amo e , principalmente, comigo.
Chutei o pau da barraca, entornei o caldo e derramei o leite.
Sinto-me culpado, errado, enganado e o pior dos mortais.
Todos os meus monstros decidiram vir à tona para guerrear comigo, e aqui estou eu ferido, cansado, desanimado, entediado e prestes a deixar que eles vençam a batalha.
Acho que eu não quero mais nada...Não quero mais ser feliz, não quero mais amar e nem ser amado.
Talvez eu não mereça o amor de quem me ama, talvez eu não mereça sorrir, talvez eu nem mereça sonhar...
Esqueci de todos os conselhos, de todas as lições, esqueci do bom senso, esqueci que sou inteligente e que me amo.
Quero o meu canto escuro, quero ficar só, não quero luz nem piedade, não quero que me ajudem nem que digam o quanto sou amado.
Quero que o mundo se foda, quero ficar na minha janela observando as montanhas distantes, ver o pôr do Sol e esperar que a noite venha me abraçar.
É isso...Preciso da escuridão da noite sem estrelas, sem cometas ou planetas.
Quem sabe assim, tateando no escuro, eu me reencontre...

23 comentários:

Patricia disse...

Má, ame a si, antes de amar a qualquer um.
Pq se não amamos a nós mesmos, não conseguiremos amar ninguém da maneira correta.
Sofra, nao direi pra não sofrer, faz parte do aprendizado, mas ... não se entregue.
Sei que vc disse q não queria ninguém te dizendo isso, mas eu insisto.
VC É MUITO MELHOR DO QUE ISSO TUDO!
MUITO MELHOR DO QUE ESSE SOFRIMENTO QUE TE CONSOME!
E não há remédio melhor para as dores da alma, que o nosso amigo tempo.

Estou torcendo pra vc ficar bem, sempre muito bem.

Beijos
Paty
=)

Marcelo Martins disse...

Não estou sofrendo, Paty...
Não sou do tipo de cara que "sofre".
Esse texto é apenas uma bronca em mim mesmo por eu ser tão falível.

Patricia disse...

Todos somos falhos Má, isso é mais do que compreensível e perdoável.
=)

Glaucia disse...

Ninguém disse que viver é fácil e que ser feliz é um mar de rosas, o que interessa é que depois de uma temporada no escuro após o por do sol , tudo vai se encaminhar aí. E isso não significa que vai dar tudo certo e sim que as cosias vão se acomodar.
Se até as placas tectônicas se acomodam depois de um terremoto , por que sua vida não iria se acertar... Só resta depois de tudo reconstruir sua vida ao lado da pessoa que vc realmete gosta e sei que vc gosta mesmo, sei tb que vc é capaz de muitas coisas por esse sentimento. Senti na pele a sua fúria em lutar por esse sentimento.
Então se precisa se recolher, recolha-se.
Aliás o certo mesmo é dar um foda-se bem grande pra tudo mesmo , pois vc que odeia conselhos , sabe bem como vai caminhar e se vai caminhar.
Apesar de ainda estar muito chateada com vc, boa sorte e fique em paz

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Radicalidade total, eu tb tou assim pensando do mesmo jeitinho q vc escreveu, quando eu me recolho, eu n quero atender telefone, n quero ver ninguem e muito menos sair.
E detesto quando alguem não entende e não respeita isso!

Camila Colossi disse...

caalmaa viu ? q coisa, toma um cha de camomilaa,ouça musica instrumentaal e relaxee :0 ahuhua

bejoo,

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Meu Poeta Amado.
Cabe-me alguma culpa se, procurando aqui minha alma,encontro vc assim?
Entretanto...serei breve, porque breve é a vida, e acredite-me- é linda!
Que é o homem a lamentar-se a respeito de si mesmo? Usufrua o presente e considere o passado como o passado, porque como já lhe falei, amores não são para já.O jardim é lindo, entrando aqui sente-se logo que foi um hábil jardineiro que lhe traçou o plano, um coração sensível, desejoso de se encontrar.Aquele que for incapaz de sentir isso , não entende nada de amores e almas.
beijos menino!

kami disse...

Olá Ma!

Saber que eu já tive uma fase parecida com esta na minha vida... mais a unica coisa de que precisava era de silencio...ficar sozinha comigo mesma.
E sabe que isso me fez muito bem...
misantropia, nem sempre é pecado! (kkk)

Bjusssss

Claudia disse...

Eu jah passei por esse tipo de sentimento,e sempre vou passar em alguns momentos,enquanto viver.
Simplesmente pelo motivo do ser humano precisar desse espaço....Pra se entender,respirar simplesmente e ter um minuto de paz consigo proprio.
Tempo de colocar as ideias em ordem...

Absolutamente entendivel e....Merecido !

bjinhos

Claudia disse...

ps- esqueci de comentar sobre seu ultimo comentario no meu humilde blogzinho...rs

realmente,infelizmente vc tem razao em dizer a mim que nos apaixonamos por quem nosso coraçao escolhe....

Poxa,meu coraçao me odeia,pq soh amo quem um dia acaba me machucando...snif

Ou serah que sou eu que me faço machucar?

whatever hauahuha

bjinhos lindo !

Ale Danyluk disse...

Tolere-se...

E lembre-se que vc pode estar em qquer lugar menos fora de si...
Independente de sua vontade e vaidades...
Nem tudo gira ao seu redor...
Mas com certeza tudo se resume á você com você mesmo.
Mas dá pra deixar tudo pra lá....
pelo menos por alguns dias.
A gente sempre precisa de um tempo pra dar aquela "SACUDIDA".
Se cuida e sorte sempre.
Ale

Giane disse...

Oi, Marcelo.

Não poderia haver melhor fase da Lua para um momento de recolhimento.
Amo a Luz - mas há momentos em que necessito da escuridão.

Beijos mil e fique bem.

Tiago Soarez disse...

Marcelo,

Você não é o primeiro a passar por momentos difíceis.

Por mais que não seja tão simples assim, não de deixe abater por nada.

Somos humanos. Um dia acertamos, no outro erramos. Mas o que mais vale é recomeçar, sem medo, sem culpa e sempre de cabeça erguida.

Se sentir a pior das criaturas não vai jamais te ajudar a tomar algum rumo sensato. Pense nisso.

E, por mais que tudo o que eu tenho escrito aqui não passe de clichês de livros de auto-ajuda. Nada foi copiado. Improvisei tudo e espero te ver (online) bem!

Grande abraço de quem gosta muito do que você faz!

Bossa Nova Café - textos, música e arte!

Marina disse...

Existem horas em que ninguém pode ajudá-lo. O mapa para encontrar ao "si próprio" enterrado na ilha deserta está no fundo da sua alma. Só você, que sabe a profundidade dela, pode tomar o fôlego necessário que precisa para mergulhar.

Nada como o tempo. "It's just a moment, this time will pass."

Não sei se cheguei numa boa hora no seu blog, mas gostei da maneira como você escreve e não resisti a um comentário. Abraço.

Loba disse...

Este exercício de entrar dentro de si mesmo é como o mergulho no ventre da baleia. Jonas sai renascido. Mas antes há que doer, né?
Espero que o mergulhar te traga outras luzes e que o artista renasça em esplendor!
Beijo

Dama de Cinzas disse...

Tem épocas que nossa vida fica de perna pro ar mesmo.

Eu tb ando bem cansada da minha vida, mas o importante é não se deixar abater porque só quem tem a perder somos nós mesmos. De que jeito fazer isso? Não sei, vivendo apenas um dia atrás do outro e tendo paciência...

Beijos

Roseane, disse...

Então nem vou falar nada...melhoras..bom findi!!!

Narradora disse...

Bom, todo mundo tem um monte de conselhos... Já eu, só desejo que o seu tempo no escuro seja proveitoso, tem tempo que tudo é do avesso mesmo.
Bjs

Raysla Camelo disse...

Cada um tem o que merece, ou seja, tem aquilo que se faz merecer.
Aproveite as estrelas, principalmente quando dentro de si já está tudo meio apagado.

=)

Beti Timm disse...

Fique quanto tempo quiser e precisar, no seu cantinho escuro! Todos um dia já ficaram! "O melhor lugar do mundo é aqui e agora". Beijos clarinhos

BANDEIRAS disse...

Gostei do desabafo, taí um homem corajoso, capaz de colocar prá fora esses sentimentos. Isto é raro, amigo.
Bjs

Edna Federico disse...

Bom, não adianta mostra o lado bom das coisas nessa hora, riso...então, libere seus fantasmas, coloca sua raiva e bronca pra fora e depois, respira e bola pra frente.
Beijo

BelaCavalcanti disse...

ACONTECEEEEEEEEE!