domingo, 3 de agosto de 2008

Recorrências

É quando um belo sonho torna-se o meu pior pesadelo.
Quando sinto medo de dormir, de que anoiteça, de que a cidade fique silenciosa.
Porque sei que quando isso acontece é quando vou ter que ficar frente a frente com o meu pior temor...
E não tenho armas para enfrentá-lo.
Fico entregue, como uma presa sem pernas para fugir, sem braços para me defender ou voz para gritar.
Sou devorado vivo todas as noites.
É quando me lembro porque esqueci de sorrir...

Um comentário:

Princesa Paty disse...

Nossa... q medo é esse rapaz?
Vc sempre terá armas pra enfrentar seus temores. Um homem forte e corajo sempre vai encontrar uma saída.

Beijos!

=)