terça-feira, 26 de agosto de 2008

Esperando o meu Sol chegar

Nem sempre percebo os sinais, as entrelinhas, os meandros.
Falível que sou, nem sempre estou correto nas minhas interpretações, então erro...

Confio cegamente na minha sensibilidade, porém nem sempre gosto do que ela me indica.
Prefiro acreditar que estou errado, que não entendo nada e que tudo vai dar certo.
Não gosto quando fantasmas pessimistas me visitam, não gosto de sentimentos nostálgicos, não gosto de sentir falta nem de me sentir impotente.

Mas pouco posso fazer em relação a isso além de esperar e acreditar que amar irá sempre valer a pena...
Por isso continuo amando, e não tenho a menor intenção de desistir disso.
Não sou do tipo de homem que abandona os seus sonhos, que fica no meio do caminho ou que se assusta com tempestades.

Mas, sabe... Ando cansado de chuvas...

23 comentários:

Anônimo disse...

A moça do tempo mandou avisar que os dias de sol estão a chegar! Smile ;D

Beijinhos meus em ti

[...]

Marcelo Martins disse...

Não vejo a hora,rs.
Vou até pegar o meu bronzeador então =)

MARTHA THORMAN VON MADERS disse...

Nunca desista de seus sonhos Poeta, porque desistir é morrer aos poucos. Acredite. Eis por que se deve amar.Pode-se ir longe, pode-se quase dizer que o que você escreve, surpreende sempre e é magnifico. Entretanto as vezes você se confunde com você mesmo, você alimenta você.
Adoro vir por aqui, suas palavras me encantam.

Tiago Soarez disse...

Espere só mais um pouco, meu caro.

Espere...

Paty disse...

As vezes fechamos os olhos para o que está bem na nossa frente, mas esquecemos que nem sempre o que queremos é o melhor pra nós.

As vezes considero aquele velho ditato bem sábio.
Errar é humano, agora, prersistir no erro... vc ja sabe.

=)

Dani Fonseca disse...

Olá,

Primeira visita ao seu blog e não pude conter a vontade de comentar...

Adorei o post e espero mesmo que o sol chegue e rápido!!! Não pude resisitir e li o post anterior... rsrs Realmente vc não se parece em nada com a maioria que podemos ver por aí... rs Sorte sua e da sua amada... rs

Bjinhos^.^

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

São chuvas passageiras e não tempestades... Continue amando, nunca renucie ao amor. Meu amigo, eu o convidei par apreciar o meu post anterior e vc não foi. Gostaria muito que fosse neste. É longo, então recomendo às pessoas apertaredem a tecla "page down" e pararem no que lhes interessa. No fim do post, há um jardim, com muitas rosas, uma casinha e um banquinho, onde se pode descansar antes de visitar o meu castelo.
Um beijo,
Renata
wwwrenatacordeiro.blogspot.com

jú. disse...

|ando cansado de chuvas|

Tenho aprendido a me deixar molhar e ainda assim manter-me seca.


Beijos Celo.

Quase Trinta disse...

Eu confesso que tenho as tempestades me assustam... mas também me tornam mais fortes....
Qt ao amor acredito que sempre vale a pena, por mais complicado que ele pareça ser.

LindaRê disse...

"Não gosto quando fantasmas pessimistas me visitam, não gosto de sentimentos nostálgicos, não gosto de sentir falta nem de me sentir impotente."
Também não gosto disso, mas volta e meia essas coisas teimam em acontecer.

Bjs

Narradora disse...

Muitas vezes o que dá pra fazer é esperar (o que particularmente não me agrada muito). Assim, tenho andando de galocha, capa, guarda-chuvas e óculos escuros (sabe como é a esperança...rs)
Bjs
Ps:Tá bonito o blog.

Marcelo Martins disse...

Estou absolutamente certo do que eu quero, e isso é o melhor pra mim.
E está bem à minha frente.
Não persisto em "erro" nenhum.
Acho que o pior erro que eu poderia cometer é desistir da minha felicidade.
E isso, Paty, eu não faço mesmo...
Por isso insisto, persisto e sei que, em breve, chegarei em um lugar ensolarado e pleno de amor.

Bj.

Anônimo disse...

É como aquele velho ditado bem sábio: "se conselho fosse bom, não se dava, VENDIA! :)

[...]

Angélica Mayra disse...

As chuvas nem sempre são ruins, e já percebeu como o céu se abre mais bonito depois da tempestade? ;)
bjos

Inside Me disse...

nem gosto de chuva tb, poeta... mas há auqelas que nos são necessárias, lavam a alma e fazem florescer a esperança =p

Danielle Ribeiro disse...

Normal não perceber as coisas, você não é Deus, e como também não sei de tudo, ainda erro bastante.

É impossível fechar os olhos, principalmente os da alma, confio plenamente nos meus instintos...
Quanto aos fantasmas, pense em você, sua alma brilha, aí eles desaparecem. Isso sempre funciona comigo, mesmo que eu me sinta impotente algumas vezes...
Tem coisas que pesam muito bastante e se sentir impotente algumas vezes, é inevitável...

Esperar é bom, mas sempre fazendo alguma coisa, o que você tem feito muito bem...
Escreve como poucos.

Amar sempre vale a pena, mesmo quando não tem quem amar, aí a gente "pratica" esse sentimento por nós mesmos e quando aparecer alguém que faça tudo valer a pena...
Vai ser legal curtir com esse alguém, outro tipo de chuva...

É isso que me anima ao ver a tempestade...

Não Somos Apenas Rostinhos Bonitos disse...

qUEM ESPERA SEMPRE ALCANÇA...RS!

kami disse...

Acho que todos vez ou outra se cansa das chuvas e mais ainda de estar enganado...de ver tudo dar errado...
Mais ainda assim o sol insiste em nascer... e mais uma vez nossas intuições nos indicam um caminho que por vezes tb não queremos seguir...
É um circulo vicioso...a vida é um vicio!

Bjussss

Beti Timm disse...

Marcelo,
antes do sol, às vezes surge o arco-íris! Beijos meus

Mary West disse...

Má que lindo, senti que estava lendo palavras minhas de tanta indentificação com seu texto. Tb tou cansada do tempo nublado, mas vou levando pq sei que um dia passará.

Robson disse...

Ei Marcelo
Eu passo anônimo na maioria dos blogs que leio, e comento quando o que esta escrito me traduz ao invés do contrário.
Fiquei feliz de ler várias dessas traduções no seus textos.
Abraço

Robson disse...

Bem vc deixou uma pergunta no ar, quando comentou no meu blog, o que me remeteu de volta ao seu texto...
"Sofro do mesmo mal meu caro" essa seria minha resposta, talvez inicial...talvez
Grande abraço

paula barros disse...

Claro, amigo virtual e de sentimentos as vezes parecido com os meus, nunca desista dos seus sonhos....e você fala desse sonho com muita certeza, sonhe para vivê-lo intensamente. Boa sorte!

"Não gosto quando fantasmas pessimistas me visitam, não gosto de sentimentos nostálgicos, não gosto de sentir falta nem de me sentir impotente" -

Também não gosto de me sentir assim.

Estava criando coragem para ir dançar, sair um pouco, deixar de ler blogs. Depois de ler seus textos, decidi que dançar vai ser muito bom e terapêutico. rrsrsr FUI!

um belo domingo, com muita inspiração e amor.